Securities Act de 1933

Securities Act de 1933

O Securities Act de 1933 é uma lei dos Estados Unidos destinada a proteger os investidores de fraudes quando lidarem com ações, títulos e outros valores mobiliários. O Congresso norte-americano intencionava reconquistar a confiança dos investidores estabelecendo a tipificação de crimes financeiros e uma maior transparência do mercado, obrigando o registro de todos os valores imobiliários à venda no país.

Compartilhar: