É o nosso 19º Aniversário!

Análises de Mercado

22 de julho 2015

Sessões de Mercado

Participante do Concurso de Analistas

Analista Alpari

Austrália anuncia possível redução das taxas de juros

O principal do Banco da Austrália, Glenn Stevens, anunciou que a instituição planeja reduzir a taxa de juro básica do país, apesar de que a flexibilização da política monetária pode criar riscos para a economia. É a segunda vez nas últimas semanas que o banco australiano indica a possibilidade de redução adicional das taxas, uma vez que a economia do país sofre um impacto negativo causado pela queda dos preços da commodities, a queda do boom da indústria mineradora e a desaceleração econômica da China, o maior parceiro comercial do país. O dólar australiano fechou praticamente inalterado na sessão asiática.

Commodities

Alexander Razuvaev

Rússia eleva níveis de produção de petróleo

O incremento na produção e exportação significa boas notícias para o país, mesmo que não possuam influência significativa na compensação das repetidas quedas dos preços. Nota-se, todavia, que a baixa nos preços afetou o orçamento público da Rússia, mormente por causa do sistema tributário, e não os acionistas de empresas de extração e refino do hidrocarboneto.
21 de julho 2015

Sessões de Mercado

Participante do Concurso de Analistas

Analista Alpari

Banco Central Chinês injeta capital na economia

Hoje, foi anunciado que o Banco Central da China injetou capital extra em dois bancos de economia mista com objetivo de fomentar a economia. O Banco Popular da China enviou 48 bilhões de USD para o Banco Chinês de Desenvolvimento e mais 45 bilhões para o Banco de Importação-Exportação da China. O Ministério das Finanças da China ofereceu 16 bilhões de dólares ao Banco de Desenvolvimento Agrícola do país, um dos maiores de economia mista da China. Em abril deste ano, o Conselho de Estado chinês determinou que o capital social destes 3 bancos deveriam ser aumentados como parte das reformas econômicas.

Commodities

Alexander Razuvaev

Gary Ross: em 5 anos barril de petróleo custará 100 USD

O fundador da PIRA Energy Group, que prognosticou no ano passado a queda acentuada dos preços de petróleo, acredita agora que por volta de 2020 o barril de hidrocarboneto custará 100 USD. Para nós, acreditamos que até mesmo antes de 2020 os preços de petróleo alcançarão o nível em questão.

Escolher Período:

Nossos Analistas

Alexander Razuvaev
Alexander Razuvaev

Diretor do Departamento Analítico da Alpari

## ojimadu name
## ojimadu name

## ojimadu position

Vadim Yossub
Vadim Yossub

Analista Financeiro Sênior da Alpari

Ver mais Analistas
Voltar ao topo