É o nosso 19º Aniversário!

Análises de Mercado

12 de janeiro 2016

Relatórios da Mídia

Natalya Indeeva

## indeeva name

Futuros de ouro recuam, acompanhando a fraqueza de outros metais (Principais Notícias de 12.01.2016)

Investing.com - Os preços do ouro recuaram nesta terça-feira, uma vez que as quedas acentuadas de outras commodities metálicas, como o cobre, a platina e o paládio, pesaram.

Commodities

Anna Kokoreva

Anna Kokoreva

Brent pode cair para abaixo de 30 USD no curto prazo

A queda nos preços do petróleo é provocada mormente pelo aumento da produção no Irã e o pânico em torno dos acontecimentos no mercado chinês. Enquanto que as petroleiras iranianas vem gradualmente aumentando a produção em antecipação ao cancelamento das sanções, especialistas prevêem um abrandamento do crescimento econômico da China para 6,5% ao ano, o que provocará uma fuga de capitais do país asiático. Paralelamente a isto, a restrições à compra de moeda estrangeira por pessoas físicas e jurídicas acaba por agitar ainda mais a situação. Os investidores temem que uma desaceleração no PIB da China possa causar a uma queda drástica na demanda por matérias-primas e, consequentemente, nos preços de mercado.

Sessões de Mercado

Vladislav Antonov

Vladislav Antonov

GBPUSD: meta a 1,4480

Quando cessaram as quedas pelos mercados, os traders começaram a negociar com base nos dados sobre o mercado de trabalho publicados ainda na sexta-feira. O relatório NFP relatório causou um impacto de curto prazo sobre a libra, de modo que poderemos ignorar esses dados agora até fevereiro. Por outro lado, interessa-nos a inflação nos Estados Unidos e as intenções de outras elevações da taxa de juros pelo Fed. No que tange ao petróleo, como o Brent caiu abaixo de 31 USD por barril, dificilmente podemos esperar uma alta das cotações no primeiro trimestre. Diante disso, teremos um flat profundo, ou flutuações desordenadas. Hoje, esperamos como certo a atualização do mínimo.
11 de janeiro 2016

Relatórios da Mídia

Natalya Indeeva

## indeeva name

Petróleo pode cair à casa dos US$20 com depreciação do iuan, diz Morgan Stanley

(Reuters) - Uma rápida depreciação da moeda chinesa, o iuan, poderia pressionar os preços do petróleo para a casa dos 20 dólares o barril, disse nesta segunda-feira o banco Morgan Stanley (N:MS).

Concurso de Analistas

Participante do Concurso de Analistas

Participante do Concurso de Analistas

Análise fundamental do par GBPUSD até 15.01

Semana passada acabou por limitar as vantagens da negociação com a libra esterlina. A desaceleração do setor de serviços PMI confirmou um retrocesso no crescimento do PIB inglês, gerando um forte fator negativo para o par GBPUSD. O petróleo também contribuiu para o forte declínio. O Brent caiu para baixo da marca histórica de 32 USD por barril. Todavia, o sector da construção civil na Grã-Bretanha apresentou alta que apoiou o par, permitindo rompimento a 1,4565, um importante nível de suporte.

Commodities

Alexander Razuvaev

Alexander Razuvaev

Maior petroleira do mundo será privatizada via IPO

A maior empresa de petróleo do mundo, a estatal da Arábia Saudita Saudi Aramco, passará por um possível processo de privatização através de IPO (Initial Public Offering). Atualmente, a Saudi Aramco controla mais de 10% da produção mundial do hidrocarboneto, o que tem gerado preocupação entre os investidores a respeito da futura estratégia de redução da produção diante da livre circulação de suas ações.

Escolher Período:

Voltar ao topo