É o nosso 19º Aniversário!

Análises de Mercado

01 de junho 2016

Relatórios da Mídia

Natalya Indeeva

Governos devem aumentar gastos para escapar de "armadilha de baixo crescimento", diz OCDE (Principais Notícias de 01.06.2016)

PARIS (Reuters) - Presa em uma "armadilha de baixo crescimento", a economia mundial vai caminhar em seu ritmo mais lento desde a crise financeira pelo segundo ano consecutivo em 2016, projetou a Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) nesta quarta-feira, pedindo aos governos que aumentem os gastos.

Sessões de Mercado

Vadim Josub

Grandes investidores esperam que Fed eleve taxa de juros em julho

A corrente previsão de aumento nos próximos meses entra em plena sintonia com as declarações públicas recentes feitas pelos principais funcionários do regulador norte-americano. Em abril passado, ao final da reunião do FOMC (Comitê de Mercado Aberto do Fed) decidiu-se manter a taxa de juro em níveis de 0,25-0,5%. Todavia, após a publicação das minutas do FOMC, os traders começaram a especular sobre a futura elevação das taxas já para as próximas reuniões, mormente se as estatísticas do mercado de trabalho nos Estados Unidos apresentarem dados de crescimento e estabilidade.

Sessões de Mercado

Vladislav Antonov

Eurobulls esperam discurso de Mario Draghi

O câmbio euro / dólar encontrou a linha de suporte no grau 45 ao nível 1,1120. Uma vez que o padrão “Pinbar” se formou, o preço fez um movimento inverso e possivelmente atualizará o mínimo. Neste caso, há uma alta probabilidade do retorno dos preços à linha de tendência, devido ao fortalecimento do dólar australiano após a divulgação de estatísticas positivas na Austrália.
31 de maio 2016

Relatórios da Mídia

Natalya Indeeva

Governo central tem primário R$9,751 bi em abril, acima do esperado, com menos subsídios (Principais Notícias de 31.05.2016)

BRASÍLIA (Reuters) - O governo central (Tesouro, Banco Central e Previdência Social) registrou superávit primário de 9,751 bilhões de reais em abril, muito acima do esperado e interrompendo dois meses no vermelho, beneficiado pelos menores subsídios ocorridos no período, em decorrência de efeito calendário.

Sessões de Mercado

Vadim Josub

Rússia torna-se a maior fornecedora de petróleo da China

Os volumes recordes de importações provenientes da Rússia se dão, muito provavelmente, devido à atividade das refinarias chinesas independentes, que importam petróleo para o armazenamento. Todavia, espera em junho um declínio nos volumes exportados tendo em vista o aumento do preço do hidrocarboneto. Deve-se recordar que o incremento substantcial das relações Moscou-Pequim no setor petrolífero se deu após a decisão do presidente russo em aceitar pagamento do petróelo em yuans. A Arábia Saudita, por outro lado, não foi capaz de empreender este passo e aceita como pagamento exclusivamente em dólares norte-americanos. O dólar dos EUA continua sua ascensão contra o yuan e vem sendo negociado a 6,5434 (0,0046 ou + 0,07%).

Sessões de Mercado

Vladislav Antonov

Libra sobe com expectativas sobre saída da Inglaterra da UE

O euro / dólar encontrou resistência em torno da linha de tendência, no grau 45 a 1,1150. Para desencorajar os compradores de euro, os vendedores terão de reduzir tanto quanto possível o câmbio para abaixo de 1,1127. Neste caso, aparecerão novos traders “bears” que empurrarão as cotações para 1,1085. Apesar de nos limitarmos ao nível 1,1116, será necessário seguir a dinâmica do par cruzado euro / libra, uma vez que, se o dólar fortalecer-se ao longo do dia, o euro cairá mais rápido do que a libra. A meta para os próximos dois dias se mantém no nível de 1,1085. Alta liquidez esperamos na sessão dos EUA.

Escolher Período:

Nossos Analistas

Alexander Razuvaev
Alexander Razuvaev

Diretor do Departamento Analítico da Alpari

## ojimadu name
## ojimadu name

## ojimadu position

Vadim Yossub
Vadim Yossub

Analista Financeiro Sênior da Alpari

Ver mais Analistas
Voltar ao topo