É o nosso 19º Aniversário!

Análises de Mercado

21 de julho 2016

Relatórios da Mídia

Fiona Chen

BC mantém juro básico em 14,25% e reforça que não há espaço para cortes (Principais Notícias de 21.07.2016)

BRASÍLIA (Reuters) - O Banco Central manteve nesta quarta-feira a taxa básica de juros em 14,25 por cento ao ano em decisão unânime e em linha com expectativa dominante de especialistas, na primeira reunião do Comitê de Política Monetária (Copom) sob o comando de Ilan Goldfajn.

Sessões de Mercado

Vadim Josub

Economia da China mostra reação. Mercados asiáticos acompanham

O volume do comércio no setor de serviços na China neste primeiro semestre de 2016 ascendeu a 2,08 trilhões de yuans, um aumento de 22,7% em comparação com o mesmo período do ano passado. Segundo o porta-voz do Ministério do Comércio da China, Shen Danyang, a exportação de serviços no período entre janeiro e maio de 2016 ​​cresceu 8,6%, para 731,8 bilhões de yuans. Já a importação 31,9%, para 1 trilhãode yuans. Desde março, observa-se um aumento de mais de 20% em setores de informática (20,4%), técnico (23,9%) e serviços de informações financeiras. Shen Danyang descreveu esta dinâmica como um sinal de melhoria da estrutura para exportação no país. Da mesma forma, o principal fator para o crescimento das importações foi o turismo externo, que mostrou um aumento de 53,4% nos primeiros cinco meses do ano. Tendo em conta os dados de junho, o aumento será 2,5 trilhões de yuans, ou seja, mais de 20%.

Sessões de Mercado

Gabriel Ojimadu

Euro sobe perante reunião do BCE

Na sessão asiática, o euro se fortaleceu contra o dólar para 1,1043. O máximo de ontem (1,1030) foi superado, o que nos transmite um sinal de alta ativado por “Pinbar”, pelo qual poderemos atingir 1,1080. Hoje ocorrerá a reunião do BCE na qual será decidida a elevação ou não da taxa básica de juros. Logo após teremos o discurso de M. Draghi. Uma vez que o chefe do regulador vem apresentando comportamento imprevisível ao longo das últimas reuniões, não faremos previsões sobre a dinâmica do euro.
20 de julho 2016

Commodities

Fiona Chen

Queda da demanda do ouro chega a 50%

As cotações de ouro ao longo da última semana saíram da fase de correção em que se encontravam e o mercado entrou numa período de consolidação. Nesta quarta-feira (20.07), a onça troy do metal precioso caiu 0,45%, para 1.332,20 USD durante a sessão asiática. O ouro iniciou julho valendo 1.377,50 USD, todavia a queda tem sido substancial. Caso ocorra a consolidação do nível, no prazo de no máximo algumas semanas, o preço cairá para 1.310 USD. Entendemos que essa dinâmica é normal para o metal, refletindo uma retração a partir dos máximos atingidos no início do mês.

Relatórios da Mídia

Fiona Chen

BC britânico não vê evidências claras de forte impacto do Brexit ainda (Principais Notícias de 20.07.2016)

LONDRES (Reuters) - O banco central britânico afirmou não ver nenhuma evidência clara de que uma forte desaceleração econômica esteja ainda a caminho após a decisão no mês passado do Reino Unido de deixar a União Europeia, embora haja sinais de que os investimentos e as contratações estejam sendo suspensos.

Sessões de Mercado

Gabriel Ojimadu

Apesar de cenário negativo euro pode subir

Prevemos a formação no gráfico horário de um modelo “Fundo Duplo” a partir de dois “Pinbar”. Se o câmbio dólar / euro ultrapassar o nível de 1,1022, ao longo da sessão europeia prevemos fortalecimento do euro para 1,1050. Não consideramos crescimento acima deste nível, , uma vez que amanhã teremos uma reunião do BCE e o discurso de M. Draghi. Se os touros não conseguirem passar este nível, então o euro cairá para 1,0980.

Escolher Período:

Nossos Analistas

Alexander Razuvaev
Alexander Razuvaev

Diretor do Departamento Analítico da Alpari

## ojimadu name
## ojimadu name

## ojimadu position

Vadim Yossub
Vadim Yossub

Analista Financeiro Sênior da Alpari

Ver mais Analistas
Voltar ao topo