É o nosso 19º Aniversário!

Análises de Mercado

26 de outubro 2016

Commodities

Natalia Milchakova

Natalya Milchakova

Desacordos na OPEP prejudicam preço do petróleo

A agência Baker Hughes informou que o número de sondas de perfuração ativas nos Estados Unidos aumentou em 11 unidades, para 443 plataformas na semana passada. Por sua vez, os representantes da OPEP vêm manifestando pontos de vista diferentes sobre o futuro congelamento da produção de petróleo. Enquanto a Arábia Saudita, Venezuela e Rússia - que não é membro da OPEP - concordaram em congelar a produção de Brent, Iraque, Líbia e Nigéria são contra tal decisão. Cremos, portanto, que o preço do petróleo bruto não subirá acima do nível de 53 USD antes de novembro.

Relatórios da Mídia

Fiona Chen

Fiona Chen

Petróleo fecha abaixo de US$ 50 com dólar forte e dúvidas sobre acordo da Opep (Principais Notícias de 26.10.2016)

Investing.com - O petróleo fechou a sessão nos EUA abaixo dos US$ 50/barril pela primeira vez em uma semana com a menor aposta em um acordo da Opep e pressionado por um dólar mais forte.

Sessões de Mercado

Vadim Josub

Vadim Yossub

Desemprego cai na China e yuan se fortalece

De acordo com os dados publicados ontem, no terceiro trimestre de 2016, a taxa de desemprego na China atingiu 4,04%, um pouco abaixo em relação ao segundo trimestre, a qual atingiu 4,05%. De acordo com o Ministério dos Recursos Humanos e Segurança Social da China, entre janeiro e setembro de 2016, na China foram criados 10,67 milhões de novos postos de trabalho, permitindo ao governo alcançar a meta anual antes do previsto. A taxa de desemprego no país asiático é calculada com base no número de desempregados inscritos com os serviços sociais e agências de emprego. O dólar americano vem sendo negociado frente ao yuan ligeiramente em baixa, a 6,7706 (-0,0098, ou -0,14%).

Sessões de Mercado

Gabriel Ojimadu

## ojimadu name

Euro sobe com discurso de Draghi

Ontem, o par EURUSD caiu para 1,0851. Os vendedores mantiveram a iniciativa até o grau 157. A partir dele o preço se recuperou a 45 graus para 1,0905. De acordo com nossa previsão, consideramos crescimento do par para 1,0918 com o enfraquecimento do euro. O aumento do par USDAUD poderá ser utilizado para as vendas de euro. O cenário será cancelado caso haja fechamento vela hora abaixo de 1,0869.
25 de outubro 2016

Relatórios da Mídia

Fiona Chen

Fiona Chen

Dólar cai a R$3,12, menor patamar em mais de um ano, com ingresso de recursos (Principais Notícias de 25.10.2016)

SÃO PAULO (Reuters) - O dólar fechou com baixa de mais de 1 por cento nesta segunda-feira, voltando ao patamar de 3,12 reais, o menor em mais de um ano, com fortes expectativas de entrada de recursos externos.

Sessões de Mercado

Vadim Josub

Vadim Yossub

China dá início à cooperação com Irã no setor de petróleo

O primeiro navio da China National Petroleum Corporation (CNPC), com 2 milhões de barris de petróleo, zarpou do Irã com destino à China, dando início ao acordo cooperação entre os dois países no setor energético, o qual engloba um programa de desenvolvimento do campo em Azadegan do Norte, localizado na área de fronteira entre o Irã e o Iraque. Tal projeto é um importante passo para o desenvolvimento de investimentos estrangeiros da China, bem como um importante programa de cooperação no Oriente Médio. Ao mesmo tempo, a produção de petróleo no campo de Azadegan possui um papel crucial no aumento das exportações de petróleo do Irã. O dólar americano vem sendo negociado frente ao yuan ligeiramente em alta, a 6,7762 (0,0010 ou + 0,01%).

Sessões de Mercado

Gabriel Ojimadu

## ojimadu name

Vendas de euro aumentam

Ontem, o par EURUSD não passou de 1,0911. Hoje, esperamos que as cotações caiam para 1,0830. O euro atualmente está sendo negociado sobre a linha de balanço (lb). A linha de suporte passa por 1,0859. Se os vendedores passarem de 1,0859 / 56, teremos o caminho aberto para 1,0830. De acordo com a tendência, o euro pode cair ainda mais. Vale a pena prestar atenção no nível 1,0815.

Escolher Período:

Voltar ao topo