É o nosso 19º Aniversário!

Análises de Mercado

12 de janeiro 2017

Sessões de Mercado

Gabriel Ojimadu

Após discurso de Trump, peso mexicano cai a níveis históricos

Uma das poucas moedas que se enfraqueceu em relação ao dólar foi o peso mexicano. O par USDMXN no momento em que subiu acima da marca psicológica de 22 e atualizou o máximo histórico. Isso decorreu do fato de que o presidente eleito dos Estados Unidos confirmou sua intenção de construir um muro na fronteira com o México, plano este mencionado no curso de sua campanha eleitoral. O muro implica um rigoroso controle sobre a imigração ilegal. Além disso, planeja-se também uma eventual introdução de novos impostos sobre as exportações de bens mexicanos o que reduzirá o número de postos de trabalho nos EUA para mexicanos, e a repatriação de uma série de indústrias dos Estados Unidos que estão no México. Para a economia mexicana, estas medidas poderão ter um impacto notável.

Sessões de Mercado

Natalia Milchakova

Moedas de países em desenvolvimento caem

No curto período entre 09 e 11 de janeiro, observou-se nos mercados de divisas dos países em desenvolvimento um determinado pessimismo sobre a negociação dos traders de moedas nacionais, as quais foram negociadas em baixa. A razão maior foi a falta de notícias macroeconômicas positivas em muitos países, o declínio dos preços do petróleo, após o rally de dezembro, bem como a previsão publicada recentemente de peritos do Banco Mundial sobre a dinâmica da economia mundial nos próximos três anos.

Sessões de Mercado

Gabriel Ojimadu

EURUSD: após correção de baixa possível atualização do máximo

Nesta quinta-feira, o euro vem sendo negociado em alta. A redução da rentabilidade dos títulos do governo dos EUA de 10 e 30 anos continuam a exercer pressão sobre o dólar. O rendimento dos títulos públicos de 10 anos caiu para 1,52% e de 30 anos - 1,18%.
11 de janeiro 2017

Relatórios da Mídia

Gabriel Ojimadu

Banco Mundial vê crescimento global maior em 2017, com commodities e fim de recessão no Brasil (Principais Notícias de 11.01.2017)

WASHINGTON (Reuters) - O Banco Mundial afirmou na terça-feira que o crescimento global deve acelerar levemente, já que a recuperação dos preços do petróleo e das commodities alivia as pressões sobre os mercados emergentes exportadores de commodities e as dolorosas recessões no Brasil e na Rússia devem chegar ao fim.

Sessões de Mercado

Gabriel Ojimadu

EURUSD: euro voltará a 1,0610

Nesta quarta-feira, toda a atenção dos traders está focada na conferência de imprensa do novo presidente dos Estados Unidos, Donald Trump. Dessa forma não iremos fazer previsão, todavia vale observar um interessante padrão formado sobre o gráfico horário. O preço pode se recuperar de 1,0536 para 1,0519. Cremos que, antes da conferência de Trump, o euro vai seguir para baixo, de modo que poderemos testar o nível 1,0610, que é de 67 graus, e a linha de tendência que foi quebrada ontem.

Escolher Período:

Nossos Analistas

Alexander Razuvaev
Alexander Razuvaev

Diretor do Departamento Analítico da Alpari

## ojimadu name
## ojimadu name

## ojimadu position

Vadim Yossub
Vadim Yossub

Analista Financeiro Sênior da Alpari

Ver mais Analistas
Voltar ao topo