É o nosso 19º Aniversário!

Lagard planeja restruturar dívida grega

A diretora do FMI, Christine Lagard, anunciou que o fundo irá participar do programa de ajuda financeira à Grécia, mas na dependência da reestrututração da dívida grega e da conscução de sérias reformas. A redução da carga debitária poderia ser alcançada extendendo os prazos de pagamento e baixando as taxas de juros o máximo possível. A reabertura dos bancos gregos, marcada para dia 20, tem a ver com a formação pelo BCE de um fundo emergencial de 900 minhões de euros. O governo grego hoje deverá anunciar uma remodelação de diversos setores estatais.

Por falar em BCE, os dados publicados sobre prognósticos de preços ao consumidor para o próximo ano anunciam manuntenção da inflação em baixos níveis. Isso demonstra que o crescimento econômico na Zona do Euro continua e, provavelmente, confirmará a necessidade da extensão pelo BCE de compras de títulos.

O índice IHPC na Zona do Euro se manterá em 0,2% contra o 0,1% previsto em abril. Para o próximo ano, em abril alcançará 1,2% e em 2017 - 1,6%.

De acordo com o relatório, os principais fatores de aumento da inflação serão os mesmos: atividade econômica moderada, mudanças na política monetária, e reflexos do preço do petróleo. No longo prazo, o estudo mostra que as expectativas de inflação subiram um pouco, de 1,84% para 1,86%.

O par EURUSD continua sendo negociado a 1,0887. Provavelmente os dados inflacionários nos EUA influenciarão o par sair da inércia.

Atenção:

Os prognósticos apresentados nas análises constituem a visão pessoal do autor. Os comentários feitos não podem ser considerados recomendações ou guia de trabalho nos mercados financeiros. A Alpari de modo algum fica responsável por algum prejuízo (ou outro dano), direto ou indireto, que possa surgir pelo uso do material publicado.

Voltar ao topo