É o nosso 19º Aniversário!

Grécia tem 48 horas para negociar com credores

Somente com o problema grego em vista, o mercado europeu vem ignorado os dados econômicos sobre o crescimento apresentado em junho, particularmente o índice PMI que apresentou a maior alta em 4 anos, refletindo o reaquecimento dos serviços e da indústria transformadora.

As negociações de ontem foram novamente suspensas e à Atenas foi dado o prazo de 48 horas para tomar uma decisão. Agora,  o primeiro-ministro terá de convencer Tsipras e seu próprio partido da necessidade de chegar a um acordo com os credores para obter o próximo trench de auxílios financeiros, contrariando assim suas promessas de campanha. Diante deste cenário, o par EURUSD caiu para 1,1218 e acredita-se que a queda continuará se não houver progressos com questão grega.

 Hoje, serão publicados dados sobre o volume de encomendas de bens duráveis em maio nos Estados Unidos. Se os resultados forem positivos, o dólar se fortalecerá.

Vale a pena também esperar as estatísticas sobre vendas imobiliárias no mercado primário norte-americano  sobre as alterações nas reservas de petróleo. Jerome Powell, do FMI, também fará um discurso.

Atenção:

Os prognósticos apresentados nas análises constituem a visão pessoal do autor. Os comentários feitos não podem ser considerados recomendações ou guia de trabalho nos mercados financeiros. A Alpari de modo algum fica responsável por algum prejuízo (ou outro dano), direto ou indireto, que possa surgir pelo uso do material publicado.

Voltar ao topo