Mais Análises

Libra reage com alta à publicação dos protocolos do Banco da Inglaterra

Nos diversos mercados europeus, o par EURUSD estava tentando romper as zonas de suporte 1,1050 – 1,070 após a divulgação de dados sobre a inflação na Alemanha. Ao constatar-se que a inflação foi menor do que a esperada, as vendas de euro dispararam. Não foi possível passar da zona na primeira tentativa. O preço retornou do mínimo 1,1061 a 1,1117.

O Índice de Preços do Produtor na Alemanha foi de ,1% ao mês, -1,5% ao ano (os prognósticos eram de 0,2% ao mês, -1,4% ao ano. O valor anterior era de 0,1% ao mês, -1,7% ao ano).

O par GBPUSD caiu para 1,5471 antes da publicação dos relatórios do Banco da Inglaterra. Logo após a publicação, o par GBPUSD subiu acentuadamente em 75 pips para 1,5550. Os membros do Comitê do referido banco votaram unanimamente para manter as taxas em 0,5% e as compras de ativos no valor de 375 bilhões de libras. O banco acredita que o crescimento econômico será notável na Inglaterra na segunda metade do ano.

Às 21:00 EET, o FED publicará a ata de sua última reunião. Toda a atenção do mercado estará voltada a isto, apesar de que não se espera uma forte reação aos relatórios. O câmbio do dólar se corrigiu dos fracos indicadores norte-americanos e nos preços credita a pausa do FED da auta das taxas de juros entre junho e setembro. Por outro lado, se os traders encontraram informação nos protocolos sobre o início de políticas contracionistas, o dólar irá reagir imediatamente. O euro cairá para 1,0900 dentro de 3 a 5 dias.

Deixar comentários