EURUSD: mercado na espera da coletiva de imprensa de M. Draghi

Na quarta-feira, 12, o par euro/dólar fechou em alta. Os principais impulsionadores de sua valorização foram as notícias da Itália e o fortalecimento da libra esterlina. As autoridades italianas estão inclinadas a concordar com uma meta de 2%. Theresa May venceu a votação do voto de desconfiança. O euro se valorizou até 1,1387 e agora está em fase de correção.

Principais notícias (GMT+3)

  • 10:45 – França: IPC (Anual).
  • 11:15 – Suíça: Avaliação da Política Monetária do SNB.
  • 11:30 – Suíça: Avaliação da Política Monetária do SNB.
  • 12:00 – EUA: Relatório Mensal da IEA.
  • 15:45 – Eurozona: BCE Facilidade Permanente de Cedência de Liquidez.
  • 16:30 – Eurozona: Coletiva de Imprensa do BCE.
  • 16:30 – Canadá: Preços de Novas Casas (Mensal) (Out).
  • 16:30 – EUA: Pedidos Iniciais por Seguro-Desemprego, Média de Pedidos de Seguro-Desemprego (4 Semanas).

Fig.1 EURUSD, timeframe horário. Fonte: tradingview

Análise técnica

Minhas expectativas de alta se confirmaram. Diante da desvalorização do dólar e da valorização dos pares cruzados do euro, os compradores puderam saltar a linha de tendência a partir de 1,1443. Não fiz o prognóstico ainda, tendo em vista a coletiva de imprensa de M. Draghi, às 16:30 (GMT+3). Como a coletiva terá forte influência na dinâmica do par, não faz muito sentido fazer prognósticos no momento. O discurso de Draghi pode inicialmente fortalecer o euro e, em seguinda, enfraquecê-lo, ou adotar o caminho inverso, dependendo do discurso. Faixa de oscilação da cotação: 1,1315-1,1440.

Últimas análises

Todos tem a chance de lucrar

Você não precisa negociar sozinho para lucrar. Obtenha lucros investindo nas contas de traders experientes!

Cadastrar-se