EURUSD: cotação represada na área de suporte

Ontem, 29, a cotação do euro fechou novamente em queda. Os compradores tentaram, sem sucesso, mudar a maré. O euro caiu para o nível 1,1341, pressionado pelos seguintes fatores.

Em primeiro lugar, a incerteza ainda em curso sobre a situação italiana Diante do fraco desempenho do PIB da Itália no último trimestre, houve um aumento da rentabilidade dos títulos italianos. Na comparação com os títulos alemães, a diferença chegou a 300 pips. Não há notícias novas ainda sobre o projeto orçamentário.

Além disso, as autoridades dos EUA estão preparadas para introduzir novas tarifas sobre o restante das importações de produtos chineses até o início de dezembro, caso não seja atingido um compromisso nas negociações.

Principais notícias (GMT+3)

  • 12:00 – Suíça: Índice ZEW de Expectativa (out).  
  • 13:00 – Eurozona: IPC (anual).
  • 15:15 – EUA: Variação de Empregos Privados ADP (out).
  • 15:30 – Canadá: PIB (anual).
  • 16:45 – EUA: PMI de Chicago (out).
  • 17:30 – EUA: Estoques de Petróleo Bruto.

Fig.1 EURUSD, timeframe horário. Fonte: tradingview

Análise técnica

O padrão de reversão não ocorreu. Os fatores externos falaram mais alto que os sinais da análise técnica. O preço manteve a queda, retornando para a mínima de 26/10. Enquanto escrevo, o par é cotado a 1,1340.

Na Ásia, o dólar dos EUA apresenta uma dinâmica variada. Em alta estão sendo cotados o franco e a libra, enquanto os demais pares estão em baixa. Entre os destaques das notícias para os traders hoje, estão as vendas a varejo na Alemanha e o IPC na Eurozona. Se o índice da bolsa não cair, o foco se voltará para a reunião do Banco da Inglaterra, na quinta-feira, e para o relatório do mercado de trabalho nos EUA (sexta-feira). O mercado já começa a se preparar para essas notícias.

O que esperar hoje?

A cotação está represada na zona de suporte. Considerando os fatores externos e o fortalecimento generalizado do dólar diante da alta nos rendimentos dos títulos da dívida pública dos EUA a 10 anos, a previsão é de queda do par até o grau 90 (1,1309) depois de um rebote para 1,1355.

O nível 1,1365, para mim, é um ponto de controle. Agora a linha da média móvel está na marca de 1,1371. Se levarmos em conta um rebote, a linha cruzará com a cotação no nível de 1,1365. Se ela for rompida, a previsão não funcionará. A parte superior do canal está no grau 45, traçado a partir das mínimas. Ele será o objetivo para os compradores, se a cotação passar do nível 1,1365.

 

Últimas análises

Todos tem a chance de lucrar

Você não precisa negociar sozinho para lucrar. Obtenha lucros investindo nas contas de traders experientes!

Cadastrar-se

Há um site melhor para você

Um novo e emocionante site com serviços que se adaptam melhor à sua localização foi lançado recentemente!

Inscreva-se aqui para receber seu Bônus de Boas-vindas de 30%.