EURUSD: euro fora da zona de equilíbrio devido à questão orçamentária italiana

Ontem, 22/10, as cotações do euro fecharam em queda. No início da sessão europeia, os compradores tentaram jogar a cotação acima dos 1,1550 vendo a procura em alta pelos ativos de risco. A demanda pelo euro subiu com o aumento das cotações da bolsa da China e do cruzado euro/iene. Depois o euro despencou da máxima para o nível 1,1456, em meio às incertezas sobre as negociações do Brexit e sobre os planos orçamentários da Itália. O rendimento dos títulos da dívida pública da Itália novamente ultrapassaram a marca dos 3,5%.

Principais notícias (GMT+3)

  • 13:00 – Reino Unido: Índice CBI Tendências Industriais (out).   
  • 13:30 – Reino Unido: Discurso de Haldane, membro do MPC, BoE.
  • 17:00 – Eurozona: Confiança do Consumidor (out).
  • 18:20 – Reino Unido: Discurso de Carney, Gov do BoE.  
  • 20:00 – EUA: Discurso de Rafael Bostic, membro do FOMC.
  • 23:30 – EUA: Estoques de Petróleo Bruto Semanal API.   

Fig.1 EURUSD, timeframe horário. Fonte: tradingview

Análise técnica

Minhas expectativas de ontem se confirmaram. A cotação do euro fez uma correção de 1,1550 para 1,1456. A queda da cotação parou no grau 67. Os vendedores testaram esse nível na abertura da sessão europeia. Vejo um comportamento parecido do mercado desde ontem, quando o euro atualizou a máxima e caiu. O contexto das notícias não mudou, mas acho que o euro vai se valorizar a partir do nível 1,1440 até a zona 1,1500–1,1508. Ou seja, há elevada probabilidade de crescimento simétrico de 1,1433 até 1,1550. Se houver um crescimento brusco da cotação, eu não excluiria uma alta até 1,1523.

Últimas análises

Todos tem a chance de lucrar

Você não precisa negociar sozinho para lucrar. Obtenha lucros investindo nas contas de traders experientes!

Cadastrar-se

Há um site melhor para você

Um novo e emocionante site com serviços que se adaptam melhor à sua localização foi lançado recentemente!

Inscreva-se aqui para receber seu Bônus de Boas-vindas de 30%.