Mais Análises

Economia dos EUA em alta

A economia dos EUA mantém um crescimento sólido, segundo os dados publicados pela IHS Markit ontem. O índice de atividade empresarial nos EUA em julho, conforme o relatório preliminar do mesmo instituto de pesquisa, foi de 55,9 pontos, um dos melhores resultados nos últimos três anos e meio.

No relatório da IHS Markit, o setor privado dos EUA apresenta um horizonte otimista para os próximos meses, devido ao aumento estável no número de pedidos de compras do setor. Por conta disso, as empresas norte-americanas seguem contratando. O mais interessante é que o crescimento da atividade empresarial dos EUA tem a ver mais com fatores de demanda interna do que com os de demanda externa.

A IHS Markit projeta para os EUA, no terceiro trimestre de 2018, um crescimento de aproximadamente 0,7–0,75% ao trimestre, que representa um crescimento de quase 3% ao ano. Assim, o ritmo de crescimento da economia norte-americana vai se intensificar no segundo semestre deste ano. Vale lembrar que, no primeiro semestre, a IHS Markit considerava que a economia  do país cresceria em torno de 2–2,5% ao ano.

Se a projeção da IHS Markit se concretizar, então é provável que o terceiro trimestre seja um dos melhores em comparação com a situação de outras economias de destaque no mundo, como a Eurozona, para a qual se projeta um crescimento anual de aproximadamente 1,8–2%, como a economia do Japão, do Reino Unido etc. Assim, caso não haja sobressaltos na arena geopolítica ou outros eventos de força maior e o dólar se mantiver estável, veremos cotações mais altas do dólar em relação às demais moedas de destaque no mercado.

Deixar comentários