Mais Análises

EURUSD: análise de mercado (14/02/18)

EURUSD: análise de mercado (14/02/18)

Hoje, dia 14 de fevereiro, antes do início da sessão europeia, o euro mantinha a tendência de alta em relação ao dólar. O par EURUSD está sendo negociado a 1,2383. Por conta dessa alta, o índice do dólar continuou caindo e já é negociado a 89,38 (-0,25%).

O interessante é que essa sequência de queda do índice do dólar há vários meses ocorre num ambiente de crescimento econômico dos EUA. Em 2017, o PIB do país cresceu 2,3%, e no primeiro trimestre de 2018, espera-se um crescimento maior, de 2,8%. Para mim, esse fenômeno é um reflexo da falta de confiança dos investidores globais na administração do presidente Trump. O novo presidente aplica uma política de autoisolamento no plano internacional, tanto do ponto de vista político quanto do econômico. Por exemplo, os EUA introduziram sanções contra a Rússia e contra a China, saíram do acordo Transpacífico, recusaram a proposta de uma zona de livre-comércio com a União Europeia e, além disso, conduzem um diálogo difícil com seus parceiros do NAFTA, México e Canadá. Esse autoisolamento ainda tem como pano de fundo um contínuo crescimento da dívida externa, que já está na casa dos US$ 20,6 trilhões, segundo a US Debt Clock.org. Exatamente por isso, a agência de classificação de riscos dos EUA Dagong baixou a classificação do crédito do país de A- para BBB+. Acredito que todos esses fatores seguirão pressionando o dólar no longo prazo.

No curto prazo, a quem vai entrar no mercado hoje, recomendo prestar atenção nos dados econômicos sobre a variação do PIB da Eurozona para o quarto trimestre de 2017, a serem publicados hoje às 08:00 (GMT-2), nas vendas a varejo e na divulgação da inflação dos EUA para janeiro, às 11:30 (GMT-2).

Os dados sobre a economia dos EUA influenciarão significativamente o par EURUSD, que agora está testando, no timeframe de H1, o fundo do padrão do topo duplo (“linha do pescoço”), formado no nível 1,2380.

Se os dados sobre a economia dos EUA forem ruins, o EURUSD manterá a tendência de alta e aos poucos chegará ao nível do topo duplo (cenário C1, no gráfico), ou seja, em torno de 1,2480-1,2520. Mas se os dados forem positivos, o par EURUSD, após testar a “linha do pescoço”, dará um giro para baixo, até os níveis do fundo registrado por último no padrão de topo duplo (cenário C2, no gráfico), que se dá em 1,2190-1,2290.

Considero que haverá um resultado positivo para o dólar nos dados sobre o PIB, se este crescer 2%. Abaixo disso, são más notícias para a moeda dos EUA.

Enquanto escrevo, o par EURUSD é cotado a 1,2380.

Deixar comentários