Mais Análises

Estatísticas europeias apoiam o euro

Resultados das sessões de mercado

A economia da zona do euro vem mostrando um crescimento sólido no terceiro trimestre. Isso é evidenciado pelo estudo IHS Markit. O índice composto da atividade comercial da zona do euro do Markit (Flash Eurozone PMI Composite Output Index) em setembro aumentou para 56,7 pontos, de 55,7 pontos em agosto, subindo para um máximo de quatro meses. De acordo com o estudo IHS Markit, o crescimento real do PIB da zona do euro no terceiro trimestre será de 0,7% em relação ao segundo trimestre de 2017.

A pesquisa econômica da IHS Markit diz que, na zona do euro em setembro, as novas encomendas entre os produtores aumentaram significativamente, o que levou a um aumento adicional no emprego. Há também um aumento nas ordens de exportação. Embora alguns exportadores da área do euro tenham manifestado suas preocupações sobre o crescimento do euro, embora digam que suas ordens de exportação não estão indo para baixo. Consequentemente, pode-se concluir que um euro mais caro ainda não prejudica a economia.

O quadro contém previsões atuais de alguns bancos e institutos de pesquisa sobre o crescimento do PIB da área do euro:

Do ponto de vista fundamental, a zona euro continua um crescimento econômico estável e isso, claro, apoiará o euro. No momento, o par de moedas EUR / USD está sendo negociando a 1,1988 e está se movendo em uma tendência de alta em um período de quatro horas:


Se considerarmos o par de moedas EUR / CHF, então, em nossa opinião, com um crescimento econômico estável na área do euro, o potencial de fortalecimento do euro permanecerá:

Com o crescimento estável da economia global e a ausência de força maior, o par de moedas EUR / CHF ficará dentro de 1,15-1,20.

 

Deixar comentários