Desvalorização do yuan chega ao fim neste ano

Após 12 dias de contínua desvalorização, a queda dos preços do yuan na China deteve-se para alívio dos investidores. O dólar norte-americano vem sendo negociado a 6,8948 yuan (+ 0,04%) diante do máximo semanal de 6,9011. Apesar de haver motívos de análise técnica para uma queda ainda maior, elevando o dólar a um diapasão de 6,9050-6,9075, cremos que no curto prazo isso não ocorrerá.

Na véspera da abertura da sessão asiática, o Banco Popular da China desvalorizou a moeda chinesa em relação ao dólar para o mais baixo nível desde 17 de agosto de 2008. A fase agressiva de desvalorização do yuan está em vias de acabar, uma vez que as medidas a fim de tornar as exportações mais rentáveis tiveram seu efeito alcançado.

Os traders esperam agora como a decisão do Federal Reserve dos EUA a respeito de aumentar a taxa de juros irá reforçar o dólar ainda mais frente ao yuan. A segunda onda de enfraquecimento da moeda chinesa é esperada ao final de janeiro. A terceira onda será aproximadamente no momento em que Donald Trump assumirá de fato a presidência.

No que tange ao par EURUSD, ontem os mercados fecharam em baixa. Depois das cotações atingirem 1,0649, caíram para 1,0590 após o discurso de Mario Draghi ao Parlamento Europeu, bem como a quedado câmbio cruzado EURGBP. O funcionário não trouxe informações novas, apenas afirmou que o regulador manterá uma política monetária menos rigorosa. O par EURGBP caiu possivelmente por consequência da primeira-ministra britânica, Theresa May. Em seu discurso, ela deu a entender que o governo vai tentar chegar a acordo de transição sobre Brexit para evitar o colapso econômico.

Nesta terça-feira, nossa previsão considera aumento dos preços para 1,0685. Embora observa-se compras agressivas da moeda única, o caminho está aberto para que se atinja o nível de 1,0710. Nosso apoio está em 1,0600. Fechando vela horária abaixo de 1,0600 irá cancelar o cenário de crescimento. Com relação às notícias de hoje, vale a pena prestara atenção para as estatísticas dos EUA.

Fig.1 EURUSD, timeframe horário. Fonte: tradingview

Últimas análises

Todos tem a chance de lucrar

Você não precisa negociar sozinho para lucrar. Obtenha lucros investindo nas contas de traders experientes!

Cadastrar-se