Preço de commodities sob pressão com alta do dólar

As cotações do petróleo encerraram o pregão desta quinta-feira (13.10) em alta. O barril de Brent fechou custando 51,93 USD e o preço do WTI com entregas para novembro subiu para 50,52 USD.

Ao longo da sessão europeia desta sexta-feira, as cotações continuaram a aumentar, apesar das estatísticas negativas da Agência de Informação de Energia, segundo a qual no final da semana passada, os estoques de petróleo bruto dos EUA aumentou em 4,9 milhões de barris. Os dados estatísticos, todavia, foram considerados irrelevantes pelos investidores e, após uma pequena correção técnica, os "touros" novamente quiseram testar o nível de 53 USD por barril.

Hoje, a Baker Hughes vai apresentar sobre o número de novas sondas de perfuração. É provável que os investidores novamente ignorem os dados se vierem negativos. De qualquer forma, é improvável que o Brent suba acima de 53 USD.

Também vale a pena prestar atenção ao discurso de Janet Yellen esta noite. Nos últimos dias, o dólar norte-americano se fortaleceu, o que é um sinal negativo para o mercado de commodities. Ontem, de acordo com as estatísticas do Myfxbook, 80% das posições longas abertas agora negociam euro, com um volume total de 15.371 lotes. Hoje o volume total elevou-se em 10.335 lotes. Atualmente, a proporção entre compradores / vendedores é de 70/30. O número de vendedores vem se elevando ao longo da sessão europeia com os compradores esperando a atualização do mínimo.

Fig.1 EURUSD, timeframe horário. Fonte: tradingview

Últimas análises

Todos tem a chance de lucrar

Você não precisa negociar sozinho para lucrar. Obtenha lucros investindo nas contas de traders experientes!

Cadastrar-se

Há um site melhor para você

Um novo e emocionante site com serviços que se adaptam melhor à sua localização foi lançado recentemente!

Inscreva-se aqui para receber seu Bônus de Boas-vindas de 30%.