Yuan se fortalece com dados sobre inflação

Os mercados acionários asiáticos desta terça-feira (09.08) foram abertos em alta, apesar de ontem os movimentos de mercado ficassem em níveis mínimos. O índice japonês Nikkei 225 subiu 0,6% e o australiano ASX 0,68%. Na China, o mais importante índice do país, o Shanghai Composite, subiu 0,49% assim como o Hang Seng cuja alta bateu 0,2%. Já os futuros de índices S&P 500 vêm sendo negociados em alta de 0,1% frente ao nível alcançado no dia anterior.

Na China foram publicadas estatísticas sobre inflação. O índice de preços ao consumidor subiu 0,2% em julho, embora as perspectivas de mercado eram ainda menos otimistas, com crescimento esperado de apenas 0,1%. A inflação anual na China em julho chegou a 1,8%, nível este já esperado pelo mercado. Tais dados podem causar resultados positivos para o yuan frente às moedas internacionais, embora não se espera forte influência destas estatísticas sobre o mercado de ações da China.

No que toca ao mercado de commodities, os preços de petróleo superaram a tendência de baixa da semana passada. Ao final da sessão de ontem, o preço do petróleo bruto Brent aumentou 1,7%, rompendo um importante nível de resistência de 45 USD por barril e fechou a 45,16 USD.

Na segunda-feira, o par euro / dólar foi negociado abaixo da linha de lb (grau 45). Enquanto os  traders esperam que os preços do euro irão cair devido à libra esterlina o par cruzado euro / libra irá fornecer o suporte necessário para o crescimento do euro frente ao dólar. Quando o par EURGBP subir, o dólar irá se enfraquecer, sendo que o contrário também é possível. Quanto mais forte for o crescimento EUR / USD, maior a probabilidade de se passar do nível 1,12 (ver gráfico).

Fig.1 EURUSD, timeframe horário. Fonte: tradingview

Últimas análises

Todos tem a chance de lucrar

Você não precisa negociar sozinho para lucrar. Obtenha lucros investindo nas contas de traders experientes!

Cadastrar-se