É o nosso 19º Aniversário!

Mercados asiáticos abrem em alta

Os mercados acionários asiáticos desta quarta-feira (25.05) abriram em alta, após a publicação de estatísticas positivas na Austrália e Nova Zelândia. O índice japonês Nikkei 225 subiu 1,7% e o australiano ASX 1,8%. Na China, o mais importante índice do país, o Shanghai Composite, subiu 0,12% assim como o Hang Seng cuja alta bateu significativos 2,6%. Já os futuros de índices S&P 500 vêm sendo negociados em alta moderada em relação ao nível alcançado no dia anterior.

Na Ásia, apesar de na Austrália o relatório sobre novas propriedades entregues no primeiro trimestre ter caído 2,6% contra a previsão de 1,5%, a Nova Zelândia, por outro lado, alcançou saldo positivo no comércio exterior em abril, batendo um aumento de 292 milhões de NZD. As importações caíram em relação ao valor anterior, assim como as encomendas de determinados bens duráveis. O presidente do Banco do Japão disse na quarta-feira que a economia do país continua a se recuperar graças ao abrandamento da política monetária adotada pelo regulador japonês. Notou também que o consumo manteve-se abaixo dos níveis esperados e crescimento dos salários reais ainda é insuficiente.

O dólar norte-americano atualizou na sessão asiática o máximo atingido frente ao yuan. Apesar do ímpeto crescente da moeda norte-americana deteve-se, as condições favoráveis dos mercados asiáticos poderão renovar o crescimento. O par dólar / yuan está no nível 6,5559 e estima-se crescimento de 7 pips. Ao fim do dia espera-se máxima de 6,5603.

Por sua vez , o par EURUSD nesta quarta-feira apresentou leve alta e é negociado a 1,1150. Observa-se no timeframe horário ainda um corredor de baixa entre os níveis 1,1107 e 1,1243. As estatísticas de ontem sobre as vendas de novas propriedades nos EUA em abril mostrou-se positiva, ajudando os "ursos de euro". Até o fim da sessão norte-americana, os traders continuarão a trabalhar no intervalo de 1,1120-1,1165.

Atenção:

Os prognósticos apresentados nas análises constituem a visão pessoal do autor. Os comentários feitos não podem ser considerados recomendações ou guia de trabalho nos mercados financeiros. A Alpari de modo algum fica responsável por algum prejuízo (ou outro dano), direto ou indireto, que possa surgir pelo uso do material publicado.

Voltar ao topo