É o nosso 19º Aniversário!

ISM positivo fortalecerá o dólar

Nesta terça-feira, diante do cenário macroeconômico relativamente desfavorável, o euro apresentou recuo limitado. O principal par de moeda do mercado, o EURUSD, vem sendo negociado a 1,1370. As estatísticas europeias não foram capazes de animar os investidores a abrir novas posições ao mesmo tempo em que não se observa ao longo das sessões negociais motivos para fechamento em massa. Diante dessa “calmaria”, a moeda europeia mantém sua dinâmica de baixa, enquanto os “eurobulls” esperam por fatos fundamentais que catapultem as cotações da moeda.

As estatísticas da Zona do Euro produziram resultados divergentes. As vendas no varejo na região até o fim de fevereiro subiram 0,2%, uma queda em relação aos 0,3% de janeiro, decepcionando os analistas que previam um crescimento substancialmente superior. O elo fraco no complexo de vendas  no varejo na Europa relaciona-se com os produtos não-alimentares. Enquanto a população europeia mostra-se disposta a gastar mais e melhor em produtos alimentícios, o quadro consumerista concernente a outros tipos de produtos é diametralmente oposto. De qualquer forma, em termos anuais, o índice de vendas no varejo aumentou em fevereiro 2,4%, frente aos 2% de janeiro.

O evento-chave para hoje é a publicação do índice ISM (Institute For Supply Management) no setor de serviços dos Estados Unidos em março. O mercado espera o crescimento deste indicador em comparação a fevereiro. Geralmente os dados do setor industrial causam oscilações menores no mercado de câmbio, de modo que vale a pena prestar a atenção nos dados do setor de serviço, os quais poderão elevar o preço do dólar norte-americano caso venham positivos. Amanhã, quarta-feira, uma vez que a agenda ecômica estará vazia, os traders procurão no mercado de commodities dados que possam fundamentar a abertura de novas posições.

O EURUSD ainda está se movimenta dentro do corredor 1,1152-1,1438, de forma que essa semana, estes limites continuam a ser relevantes.

06 de abril, 07:47 (GMT+3)
Euro se fortalecerá frente à libra

Atenção:

Os prognósticos apresentados nas análises constituem a visão pessoal do autor. Os comentários feitos não podem ser considerados recomendações ou guia de trabalho nos mercados financeiros. A Alpari de modo algum fica responsável por algum prejuízo (ou outro dano), direto ou indireto, que possa surgir pelo uso do material publicado.

Voltar ao topo