• Forex
  • Investimentos
  • Programa Alpari Cashback
  • Promoções e Concursos
  • Análise Financeira
  • Por onde começar
  • Sobre nós

EURUSD: compradores esperam chegar à correção positiva

O par EURUSD alargou as perdas na quinta-feira, 29 de outubro, caindo 0,62% para 1,1673 e de um mínimo intradiário de 1,1650. O principal impulsionador da queda foi o agravamento da situação epidemiológica na Europa, juntamente com a imposição de novos confinamentos na Alemanha e França.

A moeda única teve pressão adicional com as observações da Presidente do BCE, Christine Lagarde, e notícias macroeconómicas dos EUA. Na conferência de imprensa de ontem, Lagarde apresentou a possibilidade de maior política de flexibilização monetária em dezembro.

De acordo com as estimativas preliminares, o PIB dos EUA caiu 33,1% no T3, depois de contrair 31,4% no T2 (contra uma previsão de 31%). O relatório do mercado de trabalho indicou que 751 mil pediram os subsídios de desemprego na semana que terminou a 24 de outubro, abaixo de 791 mil no período anterior. A leitura revelou ser melhor do que o esperado.

O euro recuperou de 1,1650 para 1,1678 depois da sessão de trading na Europa.

Dados macroeconómicos de hoje (GMT+3)

10:45 França: consumo interno (setembro)

11:00 Suíça: índice do indicador líder KOF (outubro)

13:00 Zona Euro: PIB (T3) e taxa de desemprego (setembro)

15:30 Canadá: PIB (Agosto), PPI (Setembro); EUA: consumo pessoal/despesa (setembro)

16:45 EUA: PMI de Chicago (outubro);

17:00 EUA: sentimento do consumidor Reuters/Michigan (outubro)

20:00 EUA: contagem de plataformas petrolíferas semanal

1

Previsão atual

Na quinta-feira, o euro retomou a venda na abertura da sessão de trading de Londres e terminou no encerramento da sessão de trading na Europa. A queda parou próxima da linha D3 (desvio de preço de 1% do MA de 55 dias) e ângulo de 180 graus (níveis de Gann). Inicialmente, a ação de preço recuperou para 1,1678 e atingiu os 1,1694 na sessão de trading asiática de sexta-feira.

O mercado acalmou ligeiramente e os compradores estão agora a obter apoio do crescimento no principal cruzamento do EURGBP, que tem rondado o intervalo de 0,9000-0,9150 há bastante tempo. No entanto, dois cruzamentos de pares estão a negociar no vermelho: EURJPY e EURCHF. O dólar está a negociar no verde contra o dólar australiano, o dólar canadiano, a libra e o dólar neozelandês.

Com a mudança da hora para o horário de Inverno, a sessão europeia abre agora às 11:00, hora de Moscovo. Por isso, poderemos ver algumas movimentações pré-transações falsas. Desde o início da semana que a moeda única tem tido um desvio de cerca de 0,02 EUR, sem recuos acentuados. Não existem motivos fundamentais pelos quais a ação de preço irá recuperar nesta fase. Dito isto, muitos participantes no mercado poderão retirar lucros das posições de venda antes do fim-de-semana.

No período horário, os riscos de queda incluem ainda uma queda abaixo dos 1,1650, com a ação de preço a baixa lentamente e os futuros de índices dos EUA a cair 0,8% no início da sessão de trading da manhã. Se o relatório do PIB da Zona Euro não desiludir os investidores às 10:00 GMT, o principal par irá provavelmente fechar a semana nos 1,1735/1,1740.  Se a queda anualizada for superior a 15%, então, por outro lado, poderemos esperar um aumento na pressão. 

No período diário, os vendedores quebraram a linha de tendência no período mensal. Agora, nada os impede de pressionar o par para 1,1500. Se a Europa continuar a não conseguir conter o contágio do coronavírus, o euro continuará a cair contra o dólar.  Está também prevista volatilidade/incerteza antes das eleições. De acordo com as sondagens mais recentes, Biden ainda lidera.

Últimas análises

Todos tem a chance de lucrar

Você não precisa negociar sozinho para lucrar. Obtenha lucros investindo nas contas de traders experientes!

Cadastrar-se

Há um site melhor para você

Um novo e emocionante site com serviços que se adaptam melhor à sua localização foi lançado recentemente!

Inscreva-se aqui para receber seu Bônus de Boas-vindas de 30%.