EURUSD: os mercados começam a preparar-se para o relatório NFP

Na quarta-feira, 30 de outubro, a negociação no euro fechou em alta. A volatilidade foi muito elevada durante a sessão nos EUA. Subiu inicialmente após a divulgação dos dados do PIB para o T3, que a 1,9% em relação ao período anual homólogo foi superior do que o esperado.  O par disparou então com boatos de que o acordo entre os EUA e a China seriam adiados, e Jerome Powell ficou no centro das atenções.

O Chile cancelou a cimeira APEC devido aos tumultos. Esta estava prevista para novembro, onde era esperado que os líderes dos EUA e da China reunissem e finalizassem um acordo comercial. As notícias abalaram os ativos de risco.

O Fed baixou as taxas de fundos federais em 0,25% para 1,50 - 1,75%. O dólar dos EUA reagiu com uma modesta subida uma vez que o corte nas taxas tinha já sido contabilizado pelo mercado com uma certeza de 95%. Durante o discurso do Presidente do Fed, Jerome Powell, o dólar perdeu terreno em todas as frentes. Sugeriu que haveria uma pausa após a terceira redução de 2019. O euro subiu de 1,1080 para 1,1171 (+91 pips).

Notícias de hoje (GMT+3):

  • 13:00 Zona Euro: PIB (T3), CPI (Out.), taxa de desemprego (Set.).
  • 15:30 Canadá: PIB (Ago.).
  • 15:30 EUA: rendimentos pessoais (Set.), consumo pessoal (Set.), pedidos de subsídios de desemprego iniciais (25 de Out.).
  • 16:45 EUA: PMI Chicago (Out.).
  • 18:30 Suíça: discurso do presidente Jordan no SNB.
EURUSD H1

Situação atual:

À data da redação, o euro está a negociar nos 1,1158. Os EUA acalmaram os receios dos investidores reafirmando a todos que o calendário para a conclusão de um acordo com a China mantém-se inalterado. As notícias do cancelamento da cimeira não deverão desencadear uma retração para os ativos de porto seguro. No entanto, esperamos ver uma correção em baixa no euro hoje.

Esperamos ver uma subida para o 90.º nível nos 1,1178, seguida de um ressalto negativo. Existam algumas divergências ligeiras entre os períodos de 15 e 60 minutos, por isso a queda ocorrerá depois de os 1,1071 serem testados.

O par recuperou em 90 pips na sessão dos EUA. Esta é uma grande movimentação para o euro, por isso, sem qualquer ímpeto adicional, é improvável que este aumento continue. Não se esqueça que o PIB dos EUA foi superior ao esperado. O relatório de NFP é divulgado na sexta-feira, pelo que as preparações são essenciais. Às 13:00(EET) de hoje, a Zona Euro irá divulgar os seus números do PIB. Isto deverá dar mais direções para o nosso par.

Últimas análises

Todos tem a chance de lucrar

Você não precisa negociar sozinho para lucrar. Obtenha lucros investindo nas contas de traders experientes!

Cadastrar-se

Há um site melhor para você

Um novo e emocionante site com serviços que se adaptam melhor à sua localização foi lançado recentemente!

Inscreva-se aqui para receber seu Bônus de Boas-vindas de 30%.