EURUSD: recuperação para a LB na calha

Na última semana, todas as moedas principais perderam terreno contra o dólar dos EUA. O principal perdedor foi o franco suíço (-1,51%), seguido pelo euro (-1,35%), o dólar neozelandês (-1,33%), a libra (-1,00%), o iene (-0,84%), o dólar australiano (-0,25%) e o dólar canadiano (-0,19%).

Na sexta-feira, 30 de agosto, a negociação no par EURUSD fechou em baixa 0,62%. A pressão no euro derivou das expetativas da política de flexibilização quantitativa da UE, bem como dos dados fracos alemães, incerteza sobre Itália e o Brexit e o fim-de-semana prolongado nos EUA. Antes do Dia do Trabalho nos EUA, a atividade no mercado estava baixa, o que intensificou a queda do par EURUSD.

Notícias de hoje (GMT+3):

  • 10:30 Suíça: SVME – PMI (Ago.).
  • 10:50 França: PMI industrial Markit (Ago.).
  • 10:55 Alemanha: PMI industrial Markit (Ago.).
  • 11:00 Zona Euro: PMI industrial Markit (Ago.).
  • 11:30 Reino Unido: PMI industrial Markit (Ago.).
  • EUA todo o dia: Dia do Trabalho.
EURUSD H1

Situação atual:

Antes do final da semana, o euro conseguiu recuperar para 1,0997. Isto foi seguido de uma subida no dólar e de uma queda no yuan. Isto pode ter sido o que colocou os baixistas no ataque. A negociação no par USDCNY abriu hoje com um intervalo positivo. Os EUA e a China aumentaram bilateralmente as tarifas entre si. Trump decidiu não inverter esta decisão apesar de estarem previstas conversações para este mês.

De um modo geral, a negociação na Ásia esteve relativamente calma. Desde que o euro sofreu uma queda acentuada na sexta-feira, a previsão de hoje está positiva em relação aos movimentos de sexta-feira. Na hora atual, a linha de LB corre nos 1,1034. A previsão de crescimento prevista no gráfico permite uma correção e apresenta uma recuperação relativamente lenta devido ao facto de os traders dos EUA estarem fora de cena por hoje.

Os mínimos não apresentam qualquer sinal de inversão, por isso assim que o par alcançar a LB, podemos esperar uma queda renovada. A diferença entre as obrigações a 5 anos e a 2 e 3 anos está no vermelho. As obrigações a 10 anos estão também mais baixas do que as obrigações a 2 anos, o que assinala a iminência de uma recessão na economia dos EUA.

Últimas análises

Todos tem a chance de lucrar

Você não precisa negociar sozinho para lucrar. Obtenha lucros investindo nas contas de traders experientes!

Cadastrar-se