EURUSD: risco de cair para 1,10

Na quinta-feira, 29 de agosto, a negociação no EURUSD fechou em baixa. O par subiu para 1,1093 durante a sessão norte-americana, após os comentários do membro do Conselho de Administração do BCE, Klaas Knot, que disse que o BCE não precisa atualmente de um programa de flexibilização quantitativa (de acordo com um relatório da Bloomberg).

Os dados norte-americanos baixaram o euro para novos mínimos intradiários. Os dados do PIB dos EUA revelaram um aumento de 2% em linha com as expetativas. O relatório de inflação da Alemanha garantiu que a pressão sobre o euro se mantivesse, tendo uma leitura pior do que o esperado para Agosto.

Os mercados foram impulsionados por relatórios em como os EUA e a China estão a debater a possibilidade de continuar as negociações comerciais em setembro. O representante do Ministro do Comércio da China, Gao Feng, disse aos jornalistas que a China irá suspender a introdução de quaisquer contramedidas a tarifas recentemente impostas pelos EUA, pois esperam estabelecer as condições necessárias para ambas as partes continuarem as negociações.

Isto aumentou o apetite de risco entre os participantes no mercado, enquanto os ativos de portos seguros, como o iene, franco e ouro caíram.

Notícias de hoje (GMT+3):

  • 11:30 Reino Unido: empréstimos líquidos a particulares (Jul.), massa monetária M4 (Jul.), aprovações de empréstimos hipotecários (Jul.)
  • 12:00 Zona Euro: CPI (Ago.), taxa de desemprego (Jul.).
  • 15:30 Canadá: PIB (Jun.), preço do produto industrial (Jul.).
  • 15:30 EUA: consumo pessoal (Jul.), rendimento pessoal (Jul.), despesas de consumo pessoal - índice de preço (Jul.).
  • 16:45 EUA: PMI Chicago (Ago.).
  • 17:00 EUA: índice de sentimento do consumidor Michigan (Ago.).
  • 23:00 EUA: contagem de plataformas petrolíferas EUA Baker Hughes
EURUSD H1

Situação atual:

As expetativas de ontem foram totalmente cumpridas; uma queda para o suporte de 1,1065 seguida de uma recuperação. Isto foi corroborado por Klaas Knot. A queda abaixo do suporte não era prevista. O dia fechou abaixo de 1,1065.

O par bateu novos mínimos na sessão asiática de hoje. Apesar da diminuição das tenções no conflito comercial EUA-China, as principais divisas estavam a negociar em baixa contra o dólar. Os portos seguros movimentaram para território positivo (ouro, iene). Os mercados estão provavelmente nervosos devido à formação em candlestick mensal que está a fechar, o que se espera que traga volatilidade elevada. Esteja preparado para algumas flutuações acentuadas antes do fim de semana. De forma a que os altistas reúnam resistência, terão de levar o índice novamente para os 1,1065. O quadro técnico não parece favorável para eles, da forma como está. Não se surpreenda se o par cair para 1,10.

Últimas análises

Todos tem a chance de lucrar

Você não precisa negociar sozinho para lucrar. Obtenha lucros investindo nas contas de traders experientes!

Cadastrar-se

Há um site melhor para você

Um novo e emocionante site com serviços que se adaptam melhor à sua localização foi lançado recentemente!

Inscreva-se aqui para receber seu Bônus de Boas-vindas de 30%.