EURUSD: incerteza de uma perspetiva técnica

Anterior:

Na segunda-feira, 19 de agosto, a negociação no euro fechou em baixa. Os altistas não conseguiram manter o par EURUSD em território positivo. Uma quebra da linha de tendência levou a taxa para os 1,1076. No início da sessão europeia, o euro estava a ser impulsionado pelas expetativas em como a Alemanha iria anunciar algumas medidas de estímulos fiscais.

Depois tivemos algumas notícias negativas. O ministro das Finanças alemão disse que a Alemanha pode preterir o equilíbrio orçamental a favor de maior investimento em caso de recessão.

À noite, o euro caiu em resposta aos comentários de Eric Rosengren da Reserva Federal que disse não considerar que seja ainda o momento para corte nas taxas, dada a robustez relativa da economia dos EUA e ausência de quaisquer ameaças sérias. O Fed deverá focar-se mais nas estatísticas económicas para determinar a altura certa para uma redução nas taxas.

Notícias de hoje (GMT+3):

  • 13:00 Reino Unido: Pesquisa de tendências industriais CBI - encomendas (Ago.).
  • 15:30 Canadá: envios industriais (Jun.).
EURUSD H1

Situação atual:

Os altistas não conseguiram manter um passo acima da balance line. O ressurgimento do dólar forçou-os a fechar as posições longas que tinham aberto antes da sessão europeia.

À data da redação, o euro está a negociar nos 1,1077 contra o dólar. Agora, apenas a libra e o euro estão a negociar em baixa. Na sessão asiática de hoje, todas as moedas major estavam a negociar em alta contra o dólar. Os mercados estão ainda sob pressão com as observações de Rehn, membro do conselho de administração do BCE, sobre o pacote de estímulos que está a ser preparado para a Zona Euro.

Os investidores terão agora as atenções voltadas para os EUA, onde a Reserva Federal irá divulgar as atas da reunião mais recente na quarta-feira, seguidas da conferência anual em Jackson Hole, de 22 a 24 de agosto, onde Jerome Powell irá falar.

Devemos também ter em consideração que o Departamento do Comércio dos EUA alargou o prazo à gigante das telecomunicações Huawei, o que permite a compra de mercadorias de empresas dos EUA. Donald Trump disse que as conversações comerciais com a China irão continuar.

Tendo em conta todos estes fatores, é razoável esperar elevada volatilidade nos mercados durante a semana, o que poderá aumentar com as atas do FOMC e desenvolvimentos em Jackson Hole.

Do ponto de vista técnico, temos agora um quadro contraditório no par EURUSD. No gráfico, realçámos a zona de 1,1069 - 1,1075, bem como a marca de 1,1055. A estocástica reverteu negativamente, por isso existe uma elevada probabilidade de uma queda para 1,1069.

O 135.º nível é um nível chave, por isso se não tivermos um salto aqui, o par poderá cair para 1,1020. As moedas major apresentam um quadro misto, enquanto o cruzamento EURGBP está a negociar em alta. Os baixistas podem arrastar negativamente o mercado e rentabilizar nas respetivas posições curtas.

Últimas análises

Todos tem a chance de lucrar

Você não precisa negociar sozinho para lucrar. Obtenha lucros investindo nas contas de traders experientes!

Cadastrar-se