EURUSD: um quadro misto

Anterior:

Na quinta-feira, 18 de julho, a negociação no euro fechou significativamente em alta depois de recuperar as perdas incorridas no início da semana. A marca de 1,1280 foi novamente alcançada, revisitando o máximo definido na segunda-feira. Na sessão asiática, o par alcançou os 1,1241, enquanto o euro caiu para 1,1205 durante a negociação na Europa. Isto deveu-se a dados de venda de retalho muito fortes do Reino Unido. O crescimento no setor de retalho aumentou num factor de 1,5 - 3, tanto nos termos mensais como anuais.

A queda do euro foi também auxiliada pelo inquérito de condições de crédito do Banco de Inglaterra. É de destacar, no entanto, que as tensões no Reino Unido sobre a mudança de governo e sobre o Brexit ainda são soberanas. Na sessão dos EUA, a moeda única deu início à sua recuperação. Os dados do emprego e o inquérito industrial do Fed de Filadélfia enfraqueceram o dólar, permitindo que o euro subisse, enquanto os membros do FOMC, Rafael Bostic e John Williams, contribuíram depois para a pressão negativa no dólar.

Notícias de hoje (GMT+3):

  • 11:30 Reino Unido: financiamento líquido do setor público (Jun.).
  • 15:30 Canadá: vendas a retalho (Maio).
  • 18:05 EUA: discurso de Bullard do Fed.
  • 23:30 EUA: discurso de Rosengren do Fed.
EURUSD H1

Situação atual:

O intervalo de ontem, no qual o par EURUSD continua a negociar hoje, irá, provavelmente, manter-se intacto. A situação atual é, no entanto, incerta. Não podemos descartar quebras dos limites superior (1,1287) e inferior (1,1194) deste intervalo. Uma quebra de qualquer um dos lados irá marcar o tom para o futuro próximo.

Últimas análises

Todos tem a chance de lucrar

Você não precisa negociar sozinho para lucrar. Obtenha lucros investindo nas contas de traders experientes!

Cadastrar-se

Há um site melhor para você

Um novo e emocionante site com serviços que se adaptam melhor à sua localização foi lançado recentemente!

Inscreva-se aqui para receber seu Bônus de Boas-vindas de 30%.