Mais Análises

Fed pela primeira vez em 9 anos aumenta a taxa de juros

O aumento da taxa de juros era algo esperado há tempos nos mercados financeiros. Os traders reagiram à notícia do aumento de 0,25-0,5% com certa indiferença. No entanto, o dólar subiu frente à maioria das moedas e deixou as cotações de petróleo sob uma pressão ainda mais intensa.

No que tange à economia dos EUA, ainda é cedo para avaliar profundamente as consequências do aumento. Na conferência de imprensa, Janet Yellen afirmou que o regulador pretende aumentar a taxa para 1,5% em 2016 e para 2,5% em 2017, na dependência do crescimento econômico e da inflação.

Ontem, os mercados norte-americanos fecharam em alta: DJIA + 1,28%, S&P 500 + 1,45%, Nasdaq + 1,52%.

Deixar comentários