EURUSD: euro pressionado antes da reunião do BCE

Matthew Anthony

Analista Financeiro da Alpari

Anterior:

Na terça-feira, dia 5 de março, a negociação do euro fechou em baixa. A recuperação dos 1.1316 não aconteceu. Os altistas defenderam os 1.1320 durante 6 horas, mas acabaram por ceder. O que levou a uma queda do par para os 1.1290. O euro perdeu contra o dólar devido aos dados norte-americanos positivos (índice ISM não industrial e venda de novas casas).

No início da sessão europeia, o euro foi comprado nos cruzamentos dos traders diários, mas isso não foi suficiente para dar suporte aos 1.1320 no par EURUSD. A pressão de queda, devido a um USD mais forte, foi demasiada. Mais tarde, começaram a circular rumores sobre uma nova ronda de TLTROs por parte do BCE, numa tentativa de resolver o abrandamento económico. Tudo isto contribuiu para aumentar a pressão sobre o euro no final do dia.

Notícias de hoje (GMT+3):

  • 15:15 Reino Unido: Discurso de Cunliffe do BoE.
  • 16:15 EUA: Variação de Emprego ADP (fev.).
  • 16:30 EUA: balança comercial (dez.).
  • 16:30 Canadá: comércio internacional de mercadorias (dez.), produtividade laboral (4º.T).
  • 18:00 Canadá: decisão e comunicação da decisão sobre taxas de juro.
  • 18:30 EUA: alteração dos inventários de Crude da EIA (25 fev.).
  • 20:00 EUA: Discurso de Williams da Fed.
  • 22:00 EUA: Livro Bege da Fed.
EURUSD H1

Situação atual:

Na terça-feira, os altistas tentaram induzir uma recuperação dos 1.1309, mas sem sucesso. Na sessão asiática de quarta-feira, o euro estava a negociar perto dos mínimos registados na terça-feira de 1.1290. Todos os pares principais estão a negociar em baixa contra o USD.

Não existe qualquer sinal de inversão, pelo que a julgar pela MA line, prevejo uma queda para o seu limite mais baixo no 112.º nível e o limite inferior da formação em cunha. Pelas 17:00 EET, deveremos assistir a uma acentuada recuperação. Se tal não acontecer, existe a possibilidade de o par vir a cair para os 1.1245. Para se conseguir uma correção para os 1.1345, os altistas terão que, em primeiro lugar, quebrar os 1.1315.

De recordar que os principais acontecimentos para o euro, durante esta semana, são a reunião do BCE, a conferência de imprensa de Mario Draghi e o relatório norte-americano sobre o emprego a ser divulgado na sexta-feira.

Últimas análises

Todos tem a chance de lucrar

Você não precisa negociar sozinho para lucrar. Obtenha lucros investindo nas contas de traders experientes!

Cadastrar-se