EURUSD: correção esperada, seguida de uma queda maior

Anterior:

Na quarta-feira, 6 de fevereiro, a negociação no euro fechou em baixa. A queda do euro foi trazida por um dólar geralmente mais forte no mercado de Forex global, juntamente com uma subida na rendibilidade das obrigações a 10 anos dos EUA. A rendibilidade das obrigações não fechou o dia em alta, mas o aumento ocorrido levou à abertura de posições longas no dólar. Durante a sessão europeia, o euro corrigiu para 1,1399, antes de cair para 1,1361 durante a negociação nos EUA.

Notícias de hoje (GMT+3):

  • 10:00 Alemanha: produção industrial (Dez.)
  • 10:45 França: balança comercial (Dez.)
  • 11:00 Suíça: reservas de moeda estrangeira (Dez.)
  • 11:30 Reino Unido: preços da habitação Halifax (Jan.)
  • 12:00 Zona Euro: boletim económico.
  • 15:00 Reino Unido: decisão sobre as taxas de juro do BoE, facilidade de compra de ativos do BoE, relatório trimestral sobre a inflação do BoE.
  • 16:30 EUA: pedidos de desemprego iniciais (1 de fev.)
  • 23:00 EUA: alteração no crédito de consumo (Dez.)

EURUSD hourly chart

Situação atual:

As previsões de mercado de ontem foram totalmente cumpridas. O euro caiu inicialmente para o 90.º nível, depois, após uma ligeira recuperação, caiu a par da linha de tendência horária para o limite inferior do canal A-A.

Na sessão asiática de hoje, os baixistas estão a fechar no 112.º nível. Encurtar a posição do euro neste nível é muito arriscado. Se o fizer, aconselho que reduza o risco na negociação porque as probabilidades de uma correção são relativamente altas. Penso que é melhor vender depois da recuperação. Na minha previsão, vejo uma correção para 1,1375/77, seguida de uma queda para fechar o dia a 1,1340.

A minha previsão apresenta uma inversão overnight a 8 de fevereiro. Como tal, deveremos ver um modelo de inversão a formar-se algures entre os 112.º e 135.º níveis (o 135.º nível está nos 1,1328).

Não nos esqueçamos da China! O Secretário do Tesouro dos EUA, Steve Mnuchin, anunciou que irá deslocar-se a Beijing com uma delegação para outra ronda de conversações comerciais. Caso não se chegue a um acordo, poderá ser imposto um novo conjunto de tarifas sobre os bens chineses a 2 de março. Mnuchin declarou que as conversações têm sido muito produtivas. Isto traz alguma esperança em como será alcançado um acordo, que irá dar algum ímpeto altista a ativos de risco.

Últimas análises

Todos tem a chance de lucrar

Você não precisa negociar sozinho para lucrar. Obtenha lucros investindo nas contas de traders experientes!

Cadastrar-se