Coreia do Sul inspecionará bancos fornecedores de criptomoedas

A Comissão de Serviços Financeiros da Coreia do Sul declarou ontem, 09/04, que vai inspecionar três bancos coreanos (Nonghyup Bank, Kookmin Bank e Hana Bank) que fornecem criptomoedas para as bolsas de criptomoedas. O objetivo é checar se os bancos estão aplicando as regras contra o anonimato nas informações de todos seus clientes que realizam transações nas bolsas de criptomoedas Coinone e Bithumb.

De  acordo com as informações da página da comissão, a inspeção dos bancos ocorrerá entre 19 e 25 de abril de 2018.

Entre os investidores de criptomoedas, a sensação é de que a Coreia do Sul, ao verificar os bancos que operam com bolsas de criptomoedas, está tentando reunir informações sobre as pessoas físicas que negociam criptomoedas. Após isso, o órgão regulador financeiro vai verificar se esses investidores pagam impostos sobre essas negociações.

Em minha opinião, essa é uma situação muito parecida com a que ocorreu nos EUA. Ano passado, nos EUA, bolsas de criptomoedas tais como Bittrex, Kraken, Poloniex e GDAX começaram a verificar seus clientes. Este ano o serviço de receita dos EUA (IRS) passou a pressionar as bolsas de criptomoedas a apresentarem informações sobre seus clientes.

Acredito que muitos países seguirão o mesmo caminho dos EUA e a Coreia do Sul em se tratando de regulamentação do mercado de criptomoedas. Ao que tudo indica, na Rússia também serão tomadas medidas semelhantes.

Últimas análises

Todos tem a chance de lucrar

Você não precisa negociar sozinho para lucrar. Obtenha lucros investindo nas contas de traders experientes!

Cadastrar-se