É o nosso 19º Aniversário!

Presidente da Venezuela Nicolás Maduro publicou mensagem sobre o sucesso inicial da criptomoeda Petro

O presidente da Venezuela Nicolás Maduro afirmou estar orgulhoso de que as primeiras vendas da criptomoeda nacional Petro chegaram US$ 735 milhões. Ontem, 21 de fevereiro, ele publicou em sua conta da rede social Twitter a seguinte mensagem:

No segundo semestre do ano passado, na Venezuela, muito se discutiu sobre a possibilidade de lançamento de sua própria criptomoeda, a Petro, baseada no petróleo. No início de dezembro do ano passado, o presidente do país, Nicolás Maduro, anunciou que o lançamento se daria no primeiro trimestre de 2018. E em janeiro ele explicou que a emissão dessa criptomoeda seria composta de 100 milhões de tokens, cada um baseado no valor de um barril de petróleo. Em outras palavras, com o petróleo a US$ 60-70 o barril, a potencial capitalização da Petro gira em torno de US$ 6-7 bilhões.

Assim, considerando que a Petro, no primeiro dia, conseguiu juntar mais de US$ 735 milhões, isso representa 10% de todas as emissões de criptomoedas. Tendo em vista que, de acordo com o white paper Petro, as vendas preliminares da criptomoeda seria realizadas com desconto, então, foram vendidas  mais de 10% de todas as emissões.

Se isso for verdade, então as vendas foram além desse volume, o que significa um sucesso e tanto. Primeiro porque, pelo white paper Petro, as vendas preliminares seriam 38,4% do total de emissões. E ao que parece, a maior parte delas já está vendida. Segundo porque, partindo desse volume, então, de acordo com os dados da CoinMarketCap, a Venezuela entraria no top-30 da capitalização de mercado, o que torna a Petro uma das criptomoedas mais líquidas do mundo. Em terceiro lugar, porque o lançamento da Petro, ao reunir mais de US$ 750 milhões, pode ser considerado um dos maiores ICOs de toda a história das criptomoedas, ocupando o segundo lugar em termos levantamento de recursos, logo atrás do ICO Telegram (US$ 850 milhões, segundo a ICO Tracker CoinDesk), ultrapassando líderes de ICOs de 2017, como Filecoin, Tezos, que levantaram US$ 262 e US$ 232, respectivamente.

A situação em torno da Petro é bastante interessante, por isso vamos acompanhá-la no futuro.

Atenção:

Os prognósticos apresentados nas análises constituem a visão pessoal do autor. Os comentários feitos não podem ser considerados recomendações ou guia de trabalho nos mercados financeiros. A Alpari de modo algum fica responsável por algum prejuízo (ou outro dano), direto ou indireto, que possa surgir pelo uso do material publicado.

Voltar ao topo