Mais Análises

Terry Duffy : a bolsa de Chicago pode lançar futuros de bitcoins em dezembro

O representante e diretor-geral do grupo CME Group (Chicago Mercantile Exchange), Terry Duffy, comunicou que a bolsa de derivativos pode lançar negociações derivativos de bitcoins já no próximo mês. CME Group é a maior bolsa de derivativos da América do Norte.

Terry Duffy, ontem, no canal CNBC, deu uma pista de que é provável que, na segunda semana de dezembro, os investidores possam negociar futuros de criptomoedas, na CME.

Gostaria de lembrar que, já em outubro, a CME solicitava aprovação do órgão regulador para lançar seu primeiro produto de investimento vinculado ao bitcoin. Na época, a CME comunicou que os futuros seriam vinculados ao índice lançado em 2016 e que seriam pagos com dinheiro em espécie.

Em minha opinião, essa notícia vai influir positivamente no desenvolvimento do bitcoin e das demais criptomoedas. Como consequência, haverá um aumento nas entradas de recursos dos grandes investidores para as criptomoedas. Mesmo assim, gostaria de lembrar que a ideia central das criptomoedas é a de criar uma moeda digital supranacional e descentralizada, e não a de servir de meio para ganhos especulativos dos grandes investidores (tais como os clientes do CME). Na verdade, suponho que, no longo prazo, a tecnologia blockchain não só superará as bolsas tradicionais (incluindo a CME), como as tornará supérfluas.

Deixar comentários