Mais Análises

Rússia eleva níveis de produção de petróleo

No período compreendido entre janeiro e maio deste ano, a Rússia elevou em 1,2% os níveis de produção de petróleo, marcando 220,4 milhões de barris. Apenas em maio, foram extraído 45,1 milhões de barris (+1,4% em termos anuais e +3,4% em comparação a abril). As exportações de petróleo russas marcaram 21,3 milhões de barris em maio (+11,5% em termos anuais e +4,4% em comparação a abril).

O incremento na produção e exportação significa boas notícias para o país, mesmo que não possuam influência significativa na compensação das repetidas quedas dos preços. Nota-se, todavia, que a baixa nos preços afetou o orçamento público da Rússia, mormente por causa do sistema tributário, e não os acionistas de empresas de extração e refino do hidrocarboneto.

No que tange às sanções externas no setor petrolífero, as empresas russas buscam soluções de longo prazo com parceiros da Índia e China, uma vez que são poderosos economicamente. Mesmo assim, as questões tecnológicas relacionadas à exploração do Ártico continuam em aberto. 

Deixar comentários