Mais Análises

Petróleo encerrará o dia a 43,40-50 USD

Nesta quinta-feira, dia 05 de maio, as cotações de petróleo apresentaram elevada volatilidade. Somente durante a sessão asiática, o barril de Brent aumentou 4%, para 46,75 USD. Ocorre que incêndios florestais em Albert nos Estados Unidos causaram a uma redução na oferta de petróleo para 800 mil barris. BPD que apoiou o mercado de petróleo. Em resposta, algumas das grandes petrolíferas reduziram a produção do hidrocarboneto como medida de precaução.

Além disso, suporte adicional para os "touros de petróleo" adveio das fracas estatísticas do mercado de trabalho nos EUA, às 15:30 MSK. Durante a útima semana, o número de pessoas atendidas pelo subsídio de seguro-desemprego aumentou para 274 mil contra os 260 mil da semana passada.

Ajustado em 61,8%, o declínio nos preços de petróleo ocorreu a partir de 48,26 USD e deteve-se ao nível de 44,17 USD, seguido por uma nova onda de fortalecimento do dólar. Em antecipação ao relatório NFP nos EUA, o barril do Brent caiu para 44,63 USD.

No timeframe horário, a vela de quinta-feira formou uma longa sombra, indicando uma queda ainda maior nos preços do hidrocarboneto. Hoje, às 14:30 EET, o barril de Brent deverá se consolidar acima de 44,40 USD. Todavia, caso o relatório de NFP venha positivo, previsão é de queda para 43,40-50 USD (v. gráfico).

Lembramos que hoje, às 19:05 MSK, a agência Baker Hughes vai apresentar um relatório sobre o número de novas sondas abertas para a exploração de petróleo nos Estados Unidos. Apesar de não causarem grandes impactos sobre o mercado, os traders estão ansiosos para a queda do fornecimento de petróleo e o consequente aumento da demanda.

Deixar comentários