É o nosso 19º Aniversário!

Par NZDUSD cai em meio a temores sobre a queda da demanda chinesa por matérias-primas

Alexei Larionov, participante do Concurso de Analistas Alpari

Em 2015, o par NZDUSD apresentou alta diante da confiança dos investidores na economia da Nova Zelândia, mormente após a notícia do corte nas taxas de juros do Banco Central neozelandês. No entanto, no início deste ano, o pobre desempenho econômico da China vem influenciando negativamente os movimentos do par e a queda histórica no mercado acionário chinês causou pânico generalizado no mercado de divisas. Diante desse fato, as moedas que dependem de commodities começaram a perder terreno de forma dramática, comportamento seguido pelo par NZDUSD que acabou por decair toda a alta conquistada no mês passado.

A preocupação constante dos traders nos diversos mercados financeiros continuará a ter um impacto negativo sobre o setor de commodities, de modo que o par NZDUSD estará por enquanto sob pressão. Talvez no médio prazo, os mercados irão se acalmar um pouco, reduzindo a agressiva queda observada logo após o ano novo.

Se o cenário especificado no gráfico ocorrer, nossas metas de venda será em 0,6420 e 0,6250. No entanto, se os preços subirem acima de 0,6640, o cenário se tornará irrelevante.

Note-se que as vendas devem ser realizadas a partir de 0,6565 até 0,6600, área na qual o preço é o mais próximo da linha de tendência (verde). Em 0,6640 estabelecemos nosso “stop”.

Ao atingir a primeira meta de 0,6485, o “stop” deverá servir de equilíbrio 1 pip acima do preço de abertura. A segunda meta de 0,6420 é a zona onde poderemos conseguir lucros. Passado disso, em 0,6250, será necessário corrigir a posição.

NZDUSD, D

.

 

09 de maio, 09:31 (GMT+3)
AUDUSD fecha semana abaixo de 0,7381

Atenção:

Os prognósticos apresentados nas análises constituem a visão pessoal do autor. Os comentários feitos não podem ser considerados recomendações ou guia de trabalho nos mercados financeiros. A Alpari de modo algum fica responsável por algum prejuízo (ou outro dano), direto ou indireto, que possa surgir pelo uso do material publicado.

Voltar ao topo