Mais Análises

EURUSD: perspectivas de longo prazo

Vladímir Kriutchko, participante do Concurso de Analistas Alpari

Análise fundamental

Iremos com este artigo elencar alguns datores fundamentais que serão decisivos em 2016 para o movimento de preço do par EURUSD.

1. Taxa de juros. Na última reunião do Fed do no passado, tivemos a decisão sobre o aumento da taxa de juros de 0,25% para 0,5%. Mesmo que a tão esperada notícia não gerou um furor nos mercados, o fato da elevação da taxa de juros acabou por confirmar uma tendência existente e definiu os objetivos de longo prazo. Dessa forma, tivemos uma espécie de primeiro passo em direção ao objetivo principal de 3,5% em taxa de juros.

O mais interessante é que ao final da conferência de imprensa, D.Yellen rasgou elogios ao mercado de trabalho, mercado imobiliário, à dinâmica de crescimento dos salários e à inflação: nenhum comentário negativo!

Uma boa razão para o aumento da inflação formou-se na forma de aumento da atividade do consumidor, valor o qual, segundo previsão provável, ficará em 2,6% durante 2016, o que é motivo suficiente para um próximo aumento das taxas de juros.

Queremos dizer com isto que as expectativas de novos aumentos macroeconômicos irão empurrar o dólar para cima.

2. Inflação. O fator-chave para determinar para onde seguirá a economia da UE é a inflação. Se ela continuar a diminuir, veremos o desenvolvimento posterior das tendências agora existentes. O BCE será forçado a manter por mais tempo as medidas de estímulo econômico, frustrando os esforços dos europeus para a dimiuição do euro, uma vez que mantendo a moeda cara haverá o retardo da recuperação econômica no continente.

Análise técnica e prognósticos

Timeframe MN

No final de 2015, no decurso dos movimentos corretivos para baixo, formado entre as os níveis de 1,39930 ainda em 2014, estabeleceu-se como linha de meta a longo prazo o valor de 1,09350, o que gerou uma onda de lucros em posições curtas com o custo da redução da força dos ursos nesta fase. Este fato, juntamente com o desequilíbrio na forma de divergência entre os bulls, levou à estagnação do câmbio no intervalo de 1,17150-1,04600, diapasão no qual as cotações passaram a maior parte do ano anterior.

Assim, o câmbio manteve-se constante abaixo dos seus valores médios e os movimentos 21 e 50 MA pronunciaram o declínio a ser estabelecido na tendência de baixa não somente no curto prazo, mas também a um tempo mais dilatado.

Paralelamente, o distanciamento das médias de preços aumentarão a probabilidade de retorno à ela, aprofundando ainda mais a queda das cotações, todavia precisaremos de motivos fundamentais para tanto.

Prognóstico

Teremos a continuação dos movimentos corretivos para baixo até os seguintes objetivos:

    Objetivo primeiro: 0,95090;
    
Objetivo segundo: 0,93190.

Formação dos sinais de confirmação da divergência entre os bulls nas metas designados será uma razão adicional para a subseqüente ascensão taxa de reversão sobre o nível de preços na zona de 1,04600..

Timeframe W1

Durante o ano de 2015, as cotações cairam a partir da marca em 1,39930.

Como resultado, formou-se uma projeção de queda e o preço apresentou consolidação suficiente abaixo da média, criando os pré-requisitos para o desenvolvimento da atual tendência e lançando as bases de comercialização futura.

Da mesma forma, os movimentos 21 e 50 MA pronunciaram o declínio a ser estabelecido na tendência de baixa não somente no curto prazo, mas também a um tempo mais dilatado.

Prognóstico

Teremos a continuação dos movimentos corretivos para baixo a partir de : 1,17150 até os seguintes objetivos:

    Objetivo primeiro: 0,99000;
    
Objetivo segundo: 0,95090;
    Objetivo terceiro: 0,93190.

A Formação de um desequilíbrio entre a divergência de alta nas metas definidas será uma razão adicional para o câmbio nos seguintes níveis de preços:

    Objetivo primeiro: 0,99000;
    Objetivo segundo: 1,04600.

Conclusões e Recomendações

Os fatores fundamentais elecandos favorecem um maior fortalecimento do USD em contraposição ao EUR. O ano de 2016 promete novos patamares de baixa para a moeda europeia, que deverá seguir o curso lógico de declínio.

Além disso, segundo as evidências obtidas com análise técnica, devemos focar o potencial e as perspectivas das posições curtas no longo prazo com níveis atuais de preço.

Os pontos de entrada devem ser baseados em análise dos gráficos mais atuais e com os sinais de negociação.

Deixar comentários